A importância da leitura e da escrita

A importância da leitura e da escrita

 

Quando pensamos sobre o processo de aquisição de leitura e escrita, é-nos inevitável pensar sobre a nossa experiência enquanto alunas e alunos. Pensamos nas nossas potencialidades e fragilidades, tentando que este processo seja facilitado para os nossos novos pequenos leitores.

 

A apropriação da leitura e da escrita é um grande desafio para todas as crianças inseridas no contexto de 1.º ciclo, sobretudo na fase de alfabetização. 

 

Alfabetizar é ensinar alguém a ler, a decifrar a escrita. Escrever é algo que decorre desse conhecimento, e não o contrário. No entanto, em sala de aula, utilizamos pequenas frases escritas por nós, para trabalhar a leitura como decifração – a escrita da data, de frases pequenas ou de problemas matemáticos simples.

 

Para nós, adultos alfabetizados, ler parece fácil e natural – damo-lo quase como adquirido. No entanto, para chegarmos até esse ponto é necessário passarmos por algumas etapas prévias: perceber a diferença entre desenho e escrita, o que são letras, distinguir letras de números, fazer a distinção entre grafema e fonema (separar o som da letra)…

 

Ao professor, cabe a tarefa de proporcionar aos alunos, situações em que os alunos tenham contacto direto com o alfabeto, palavras, sílabas. No dia a dia, em sala de aula, consolidamos a leitura de pequenas palavras que já conhecemos; inaugurámos o quadro silábico na sala (e podemos consultá-lo sempre que necessário), ajudamo-nos mutuamente através do trabalho em parcerias e estamos a nutrir grandes resultados neste processo.

 

Juntos pelo ensino!

Juntos somos mais fortes!